terça-feira, novembro 14, 2006

Iraque.

A vitória dos democratas nas eleições americanas prefigura a retirada irresponsável das tropas norte-americanas da aventura iraquiana. Se sempre fui contra a invasão e ocupação do Iraque pelos U.S.A., não posso neste momento deixar de recear pelo futuro da maioria xiita e da minoria curda, naquele país às mãos da barbárie do terrorismo sunita. O reinado de Saddam já o provou. O futuro aparece cada vez mais negro para o sofredor povo iraquiano. Não devemos esquecer que o Iraque tem um Governo legítimo eleito nas urnas. Nem continuar a olhar para o lado agarrados aos problemas da nossa vidinha. Em Bagdad, não há morangos com açúcar. Bom dia a todos.
Passem por aqui.